WhatsApp Image 2017-10-05 at 18.09.24

Em Meridiano, presidente da Câmara toma posse como prefeito

João Binhardi assumiu cargo interinamente nesta quinta-feira

Da Redação

Val Rizzato (PSDB) não é mais prefeito de Meridiano, pelo menos por enquanto, por causa de problemas com a Justiça Eleitoral. Na cidade, de quase quatro mil habitantes, quem assumiu o comando da Prefeitura interinamente, na tarde de hoje, dia 5, foi o presidente da Câmara, João Binhardi, em razão da edição do Decreto Legislativo nº 02/2017, que declarou vagos os cargos de prefeito e vice-prefeito.

Em seu breve discurso de posse, Binhardi prometeu exercer com dignidade e dedicação o mandato temporário. “Nada mudará em relação ao funcionalismo. Prometo que vou trabalhar pelo engrandecimento do nosso município. Podem ter certeza. Vai ser um mandato curto, mas vou fazer o melhor”, enfatizou.

Orivaldo Rizzato, o Val, e sua vice, Márcia Adriano (PTN), eleitos em 2016, recorreram da decisão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) que cassou os mandatos dos dois. A defesa de Val entrou com uma medida cautelar que pode sair nos próximos dias e colocá-lo novamente como prefeito de Meridiano.

ENTENDA O CASO
Para o TRE, Val e a vice Márcia prometeram e entregaram vantagens econômicas em troca de votos nas últimas eleições, em 2016, que previsto no artigo 41- A da Lei nº 9.504/97 consiste na captação ilícita de sufrágio. Segundo a juíza e relatora do recurso eleitoral, Cláudia Fannuchi, as testemunhas ouvidas confirmaram que receberam benefícios em troca dos votos dos três candidatos na época.
O município de Meridiano, que tem 3.927 eleitores, pertence a 302ª zona eleitoral- Fernandópolis.

WhatsApp Image 2017-10-05 at 18.09.23

WhatsApp Image 2017-10-05 at 18.09.24

WhatsApp Image 2017-10-05 at 18.09.25

Proibida a cópia parcial ou completa sem autorização prévia ! contato@merionline.com.br