14124304_118288075289939_2404396986520528036_o

DE VOLTA À CADEIRA DO PREFEITO

Val Rizzato reassume cargo por decisão do TSE

Da Redação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília/DF, concedeu liminar (efeito suspensivo) ao prefeito de Meridiano, Val Rizzato (PSDB), eleito em outubro de 2016. Segundo apurou a reportagem, Val Rizzato e a vice, Márcia Adriano (PTN), foram cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral, em São Paulo, após denúncia de compra de voto.
A decisão do TSE recoloca os dois no comando da Prefeitura de Meridiano que foi administrada nas últimas semanas pelo presidente da Câmara Municipal, João Binhardi (PTB).

EXONERAÇÕES
Enquanto Val estava afastado da Prefeitura, o prefeito em exercício de Meridiano, João Binhardi (PTB), não aguardou o resultado da referida liminar e, precipitadamente, determinou a exoneração de três servidores municipais que não fazem parte da sua “base política” e que abrangem cargos de chefia. Durante a sua posse, Binhardi havia prometido que não “mexeria de imediato” no funcionalismo.

14124304_118288075289939_2404396986520528036_o