Candidato do PSDB diz ser vítima de Fake News

“Querem vantagem eleitoral numa clara demonstração de desrespeito”, diz Aristeu Baldin

Candidato ao cargo de prefeito de Meridiano destaca que não há inquérito e nem processo que estejam o impedindo de disputar a eleição suplementar.

Da Redação 

No mês de julho, Meridiano, município localizado a 14 quilômetros de Fernandópolis, está em “clima de campanha eleitoral”, em virtude da eleição suplementar para prefeito, marcada para o próximo dia 4 de agosto, e “intrigas políticas” já começaram. O ex-prefeito Aristeu Baldin, que novamente é candidato ao cargo, diz estar sendo atacado por fake news. Em nota enviada à reportagem, Aristeu salienta que estão veiculando nas mídias sociais que o registro de sua campanha foi impugnado.

Segundo apurou a reportagem, uma impugnação temporária ocorreu por falta de documento, por um registro que ocorreu em 2005, que já foi arquivado como consta em certidão, sem ter gerado algum tipo de condenação, tendo em vista que foi uma investigação juntamente com outras 48 pessoas clientes de um profissional que não declarou e nem pagou os impostos devidos.

NOTA

“Nestes casos a Justiça exige uma certidão de inteiro teor. Se o processo ainda estivesse em andamento, essa certidão seria emitida de imediato. No entanto, como já está arquivado em Jundiaí, a demora é de 10 a 20 dias para conseguirmos a referida certidão. Recorremos, como lembrado no próprio parecer do juiz, conforme documento.

O que também está prejudicando é que a campanha e o tempo para juntada da documentação são muito curtos, além do que, embora o registro seja de 2005, fomos candidatos nas eleições de 2008 e em 2012, quando vencemos e não tivemos nenhum problema. Este fato, no entanto não prejudicará a campanha, como contido no despacho do próprio juiz, que frisa que não haverá qualquer prejuízo ao candidato, podendo efetuar todos os atos em relação à campanha.

Quem entende um pouquinho de direito sabe que é um procedimento normal, que maldosamente estão aproveitando para tirarem vantagens eleitoreiras numa clara demonstração de desrespeito e desespero. Podem confiar, porque não precisamos enganar ninguém para ganharmos as eleições e no dia 4 de agosto vamos comemorar a nossa vitória”, destaca Aristeu Baldin, em nota.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

A eleição suplementar será realizada no dia 4 de agosto de 2019, de acordo com a decisão da Justiça Eleitoral. Aristeu Baldin e Maicon Fabiano (prefeito interino) disputam o pleito.

O prefeito interino assumiu a Prefeitura no início de abril deste ano após o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cassar definitivamente o prefeito Val Rizatto (PSDB) e a vice, Márcia Adriano (PTN). Eles foram condenados por compra de votos.

78edcadb4ccb704033d37ebc9b6ec051___medialibrary_original_800_499

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WhatsApp