Ministério Público recomenda a suspensão do Concurso de Meridiano por indícios de irregularidades.

Prefeitura tem 5 dias para se manifestar

MeriOnlineNews; domingo, 13 de dezembro, 2020

Ministério Público recomenda a suspensão do Concurso 001/2020 de Meridiano por indícios de irregularidades.

O Ministério Publico do Estado de São Paulo, emitiu uma recomendação à Prefeitura Municipal de Meridiano, para que suspenda até segunda ordem, o concurso público que vem sendo realizado no Município.

Segundo o Promotor de Justiça, Daniel Azadinho Palmezan Calderaro, o Ministério Publico tomou conhecimento através de várias denúncias de que há indícios fortes de irregularidades no certame, e que, até o final das investigações, recomenda que os efeitos do concurso sejam suspensos com a não “homologação” e a não nomeação de candidatos aprovados.

Além disso, segundo o Promotor, há suspeitas de irregularidades também na empresa contratada para aplicar a prova, pois a mesma não possui registro na JUCESP (Junta Comercial do Estado de São Paulo), que lhe autorize a realizar concursos e que, a empresa citada ainda possui investigações sobre outras possíveis fraudes em outros Municípios.

A prefeitura municipal terá o prazo de 5 dias para emitir uma resposta à orientação, podendo, caso contrário, sofrer algumas medidas judiciais com uma possível Ação Civil Pública contra os responsáveis pela aplicação do concurso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.